quarta-feira, 17 de novembro de 2010

MEDITANDO

Sei de tudo e não sei de nada, quanto mais perto me encontro mais longe me acho.
A vida é esse emaranhado louco de fios, ligados uns aos outros, do passado retrasado, do presente, do futuro ... a vida é incógnita, incerteza.
O amanhã não existe! Ou existe, já que o que não existe é o tempo?
Sim, essa teoria deixou-me a pensar na época: que o tempo não existe tal como o imaginamos, só o Agora, e que passado e futuro convergem para o presente. Nossa, quanta confusão mental essas teorias provocam, mas o pior não é isso. É elas fazerem sentido mesmo que não pareçam ter muita lógica, dá para entender?
Descobri que não adianta dar com a cabeça na parede nem mesmo fazer experiências científicas para descobrir o sentido da Vida, porque esse tem a ver com o Divino, certo?
Então a resposta não está em nenhum livro, nenhum vidrinho de laboratório, e sim no nosso Eu Interior.
E agora para encontra-lo? Como dar de cara com ele, bater um papo, quem sabe? Fora de brincadeira, eu acho mesmo que uma das melhores maneiras de nos conhecermos a nós próprios e entrarmos em sintonia com o Todo, o Cosmos, enfim, Deus, é através da meditação.
Comecei a praticar e tenho gostado dos resultados. Para começar, sinto-me imediatamente relaxada, como se um peso enorme tivesse sido retirado dos meus ombros. E depois essa sensação continua, transforma-se numa paz, numa calmaria, numa certeza de que todas as respostas em breve serão dadas. Quando se medita passa-se a conhecer a profundidade da alma e essa é mais do que tudo que nós temos. A minha alma é una com a sua, e com todas as almas do mundo. É Una com o Espírito Santo de Deus, logo, é lá, nas profundezas da alma que residem todas as respostas, as chaves de todos os problemas, a solução que buscamos no mundo exterior e que, afinal, só pode ser encontrada aqui dentro de nós.
Existem diversos tipos de meditação, e eu comecei por uma das mais simples e ao mesmo eficazes: a observação da respiração.
Vamos por passos:
1. sente-se na posição de lótus ou semi lótus, com as mãos levemente depositadas sobre o colo, palmas viradas para cima, uma sobre a outra ( pena que não sei porquê não consigo baixar imagens aqui já faz alguns dias, mas pode procurar no google, tá?)
2. comece por inspirar e expirar profundamente 3 vezes, retendo a respiração na altura do umbigo o tempo que conseguir
3. agora respire de forma regular, natural e apenas observe a sua respiração. Comece por fazer isso, de início, por 5 minutos. Muita gente diz que se pode começar com 10, 15 minutos, mas eu acho que para um principiante isso é muito tempo, a pessoa acaba por ficar instável, cansada da posição, enfim, eu comecei assim, com 5 minutinhos e quando já não os sentia passar passei para 10 e agora para 15.
Uma observação importante. O objectivo da meditação é aquietar, silenciar a mente, mas ninguém consegue fazer isso de um momento para o outro, em especial alguém sem treino algum anterior, então não se preocupe com os pensamentos que surgem na sua mente. Aperceba-se deles e simplesmente volte a sua atenção para os movimentos da sua respiração, para as sensações que ela provoca em todo o seu corpo e que antes não tinha notado. Não lute contra a sua mente. Faça como eu disse, apenas deixe o pensamento que surgir de lado e volte a concentrar-se na respiração.
Ao fim de uns dias, senão logo desde a primeira vez, vai sentir a diferença em você mesmo e na sua vida.
O meu objectivo é ir mais longe, é meditar de verdade, porque o estágio onde me encontro é mais propriamente o de relaxamento.
Passo a explicar: a meditação envolve três estágios distintos: Relaxamento, Concentração e Meditação.
Entretanto, se é um iniciante na prática faça como eu. Não se preocupe com o amanhã, viva o Agora, e a etapa agora é essa que eu descrevi acima.
Sucessos para você, porque para mim, sinceramente, tem dado muito certo.
Beijos.

2 comentários:

Sandra Botelho disse...

Tão bom esse auto conhecimento...essa evolução espiritual...
Muito reflexivo teu texto.
Levo-o comigo.
Bjos achocolatados e lindo final de semana pra ti

Angel disse...

Obrigada Sandra, fico felicíssima que tenha gostado. Um beijo daqueles bem meus, só para você :)

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...