quinta-feira, 23 de junho de 2011

O QUE É UM DOM?

imagem da internet

Muita gente se interroga sobre o que vem a ser, afinal, um dom? Trata-se de algo que nasce connosco ou é algo que pode ou não vir a ser desenvolvido no percurso da vida?
Muitos defendem que um dom é apenas uma predisposição genética para alguma "habilidade", por assim dizer. Nesse caso, estaria explicado o caso de grandes nomes famosos como Bethoven que não nasceu a saber tocar piano, nem a compor melodias maravilhosas,mas com uma extrema facilidade para aprender essa arte. Daí ele ser considerado por muitos, o maior génio da música de todos os tempos. Pode-se então concluir que Bethoven nasceu com esse grande dom e que a vida se encarregou de o fazer saber como usar? É por aí, não creio que eu pudesse alcançar tanto quanto ele, mesmo que me dedicasse ao estudo rigoroso da música desde a mais tenra infância, simplesmente porque todos somos diferentes, com vocações a aptidões distintas.

Mas e aquelas pessoas que passam pela vida sem se tornarem famosas, sem fazerem nada de especial, nada de fenomenal? Isso quer dizer que nem todos nascem com dons, ou que muitos não percebem os seus? Ou ainda, uns tantos podem reconhecer em si mesmos um dom, mas não saberem o que fazer com ele?

No entanto, não obstante isso, há quem não acredite em dons, e sim em acasos. Bethoven foi um músico notável, mas quem garante que ele não seria um excelente cozinheiro? Isso é o que diria alguém mais céptico.

Mas, nem tanto ao mar, nem tanto à terra, que tal separarmos talento natural e inato, de dom? Isso porque embora um talento natural como o do exemplo que cito tenha sido concedido por Deus, e portanto não deixe de ser um dom, as pessoas tendem a associar a palavra dom ao mundo espiritual, o que nesse caso significa então que algumas pessoas são dotadas de habilidades fantásticas, quer isso possa ser explicado pela genética e/ou treinamento como a música, a literatura, a ciência, etc, e outros, de habilidades verdadeiramente extraordinárias que seriam então os dons.

Eis que entretanto surge a pergunta: porque só alguns escolhidos recebem esses dons de Deus? E isto lembra-me uma polémica sobre a qual ouvi certa vez em que se afirmava que a Fé é um dom de Deus. Os que não concordam com tal coisa dizem, e muito bem, que se a Fé é um dom de Deus e é ela que nos leva à salvação, que tipo de Deus seria esse que apenas dá esse precioso dom a alguns, já que existem tantos ateus, tantos descrentes? A meu ver a explicação é simples. Tendo nós uma parcela divina dentro de cada um, a Fé é como se fosse uma semente que nasce com todos. Fazer com que ela germine depende da vontade, da inclinação, da influência a que estamos todos expostos. É o chamado livre arbítrio, certo? Cada um escolhe no que acreditar, assim como cada qual decide sobre a maneira que conduz a sua vida. Deus não tem nada a ver com isso. Ele não é responsável pelas nossas escolhas. Nós é que somos. Mas ainda a respeito da Fé, acredito que mesmo no caso do maior ateu que se imagine, existe uma Fé natural que é a tal semente que mesmo sem ser cuidada, em determinadas circunstâncias da vida manifesta-se expontaneamente e é aquilo a que se chama de esperança. Esperança e Fé para mim são apenas estágios diferentes da mesma coisa.

Do mesmo modo, relativamente a outros dons, todos nós podemos alcançar esse poder, mas é compreensível que o dom da cura, por exemplo, não se manifeste entre os incrédulos, nem nenhum outro com uma vertente espiritual, pois para tal é necessário que deixemos o canal aberto para a manifestação do Espírito Santo nas nossas vidas.

Tipos de dons espirituais:
. Amor - para mim esse é o dom dos dons. Condição sine qua non para a manifestação de outros, pois a capacidade de amar verdadeiramente o próximo, a natureza, a vida, é uma dádiva que nem todos alcançam.
. Fé - Sem Fé, nenhum dom pode se manifestar ou subsistir.
. Perdão - A compaixão é um dom que se associa ao amor, e dentre os dons este talvez seja dos mais nobres.
. Cura - Um grande dom, que requer muito dos dois primeiros, e um dos mais lindos.
. Sabedoria - Diferente de conhecimento, a sabedoria é uma dádiva que provém da alma humana, que é ligada à alma universal, ou seja, Deus.
. Profecia - Profetizar o futuro com base na mais pura intuição ou em revelações divinas de diversos tipos.
. ETC ...

Não poderia listar todos os dons espirituais existentes, até porque por certo desconheço muitos, mas acredito muito numa coisa: todo aquele que crê, possui certamente algum dom espiritual. Esse dom, uma vez reconhecido não deve servir aos propósitos egoístas de cada um, e sim servir à Deus. E servir a Deus convenientemente começa pela capacidade de amar, de doar, de perdoar ... tudo o mais, pode ou não vir por acréscimo, dependendo de cada um. E lembrando de uma frase que li algures, o que torna precioso um dom é a intenção que o acompanha. Portanto, quem quer que seja agraciado com um dom espiritual, que o use única e somente na prática do Bem, ou acabará sem ele por desmerecimento.

Esta é a minha palavra de hoje. Fiquem com Deus e até breve. Beijo na alma.

14 comentários:

Pandora disse...

As vezes eu fico me perguntando qual é meu dom, é uma procura difícil, eu sempre pedi a Deus sabedoria para entender de verdade o que é certo e o que é errado, mas sabedoria é uma conquista difícil.

Enfim, estava com saudades daqui, seu blog tem uma aura de paz muito grande, faz a gente pensar em coisas que geralmente a gente não pensa!!!

Cheros Angel!

Angel disse...

Obrigada, minha cara, pela sua presença sempre agradável.
É verdade, encontrar/reconhecer um dom em nós muitas vezes leva uma vida, ou boa parte dela, isso porque vivemos muito ligados ao mundo material, o que nos impede de captar energias mais subtis. Mas através da oração e persistência, tenho certeza de que você encontrará a resposta dentro de si mesma.
Beijo no coração.
Angel.

Jorge disse...

Creio que o mais importante é buscar vivenciar o Amor, que já é um dom; todo os demais virão, se for o caso, por merecimento ou necessidade.

Um beijo, Anjo!

Boas Vibrações disse...

ôie!prazer em te conhecer, o DOM todos tem uns descobrem cedo outros descobrem tarde e outros numca descobrem,através do amor se chega ao DOM... bjs adorei seu blog ,ja te coloquei como favorito aguardo a tua visitinha e espero que me sigas...bjs com boas vibrações...

Rydi disse...

Eu nasci com vários dons, mas não uso nem metade e muitas vezes também não sei usá-los. Também existem os dons espirituais :)sonhos que se cumprem por exemplo.
Os dons de Deus são uma benção mesmo.

bjsss

Rosalino disse...

Adoro o teu Dom de comunicar e encher da Amor e Paz este teu espaço.
Isso é um Dom especial.
E conseguir muitas vezes transcrever para palavras, perguntas que nos assaltam e que são inquietantes.
Por exemplo esta.

Cada um á sua maneira terá o seu sentido de vida e nesse caminho irá descobrir o seu.

Eu ando á procura ainda.

Lindo poste

Rosalino

ArcadoAutoConhecimento disse...

Minha querida. Lindo post com sábios ensinamentos. O amor é o carro chefe de todos os sentimentos. Os demais, o acompanham. Beijos, amiga.

Dama de Cinzas disse...

Interessante seu post! Realmente tantas pessoas no mundo e só algumas se destacam, a grande maioria vive uma vida mediana, que nenhum dom se sobressai tanto. Mas acho que o que diferencia uma pessoa com um talento ou dom que aparece, é a sua determinação em aprimorar e lutar por esse dom. Determinação é uma coisa para poucos. Talvez a questão esteja aí.

Obrigada pela sua visita!

Beijocas

Lurdes Amarelo disse...

Olá Boa Noite
Adorei ler as suas palavras e concordo plenamente com o que diz. O Amor é sem dúvida o maior dom, é a base, dele provêm a compaixão, a palavra certa que ajuda, o gesto carinhoso que consola...O Amor é a porta de Luz que abre a capacidade de sermos instrumentos, canais que o Espirito Santo, Deus, a vida, a natureza o universo, ou seja lá quem fôr utiliza para nós podermos dar o que é necessário para ajudar. Eu sou procurada muitas vezes para ser ouvida, confesso que muito do que falo esqueço na meia hora seguinte, mas as pessoas dizem que eu falei. Quanto ao dom da cura, sei que as minhas mãos são um intrumento de alívio a muitas dores físicas de quem me rodeia...tal como você diz esta dádiva é feita com muito Amor e sinto alegria por poder pô-lo em prática. O Amor alcança almas, alegra-as, cura-as, e percebe-as quando precisam de ajuda.Bem haja pela sua postagem. Beijocas

edna disse...

Edna Maria disse OI!!! Amei seu ponto de vista e comentário sobre dons, a revista cpad trata deste ensino neste trimestre. Lendo a lição fui procurar mais conhecimento e te achei! muito bom, parabéns pelo seu dom!!!. Bom fim de semana! Muita paz no seu coração!

Anônimo disse...

Eu tenho um dom, eu precinto antes das coisas acontecer***

Hiarley Oliveira disse...

hoje me perguntei qual é meu dom algo muito difícil de descobre pois o q eu sei fazer não gosto e o q eu amo fazer de verdade não me dou muito bem pois isso é o q mais me deixa triste .o q fazer parar conseguir o q gostamos pois faz muito tempo q eu treino na minha vida e não consigo desenvolver.

Anônimo disse...

Bom dia! Eu estava procurando algo que me explicasse um pouco sobre dons e me deparei com essa preciosidade de texto! Deus te abençoe.

Francisco Mudumbe disse...

Gostei!

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...