segunda-feira, 27 de junho de 2011

CAMINHANDO

imagem da Net



Sem medo da vida
eu sigo adiante
meus caminhos são de flores
que exalam adoráveis odores

Outras vezes são assombrados
por dias nublados e escuros
mas ainda assim eu continuo
vou seguindo por onde me guia o coração

Nem sempre acerto
muitas vezes me engano
mas tropeçando ou caindo
sempre me levanto

Vejo vultos arrepiantes
mas não me deixo amedrontar
sei quem me traçou o caminho
não há temor que me impeça de chegar

Exausta, sedente e suada
refresco-me nas fontes de águas límpidas
que por aqui e acolá vou encontrando

Logo encontro anjos iluminados
que amorosos e inspiradores
me sorriem e felicitam
pela coragem e pela fé

Faça chuva ou faça sol
minha cabeça sempre erguida

A cada nova conquista
atribulação superada
ouço os sinos celestiais
a voz de Deus no meu coração

Com a Sua Presença
sou capaz de continuar
e a cada dia me fortaleço
vivendo de acordo com a minha verdade

E lá vou ... lá vou eu
ainda não cheguei
em cada paragem
há sempre muito para aprender


p.s. hoje tive vontade de escrever algo diferente. Hope u like :)

Beijo meu na sua alma.

4 comentários:

Rosalino disse...

Um largo sorriso após ter lido o seu poema.
Foi como reagi no final de o ler.

Paz e Luz para você ( como é seu costume dizer)

Rosalino

Rydi disse...

Esse poema descreveu minha vida. Uma hora eu chego no final da estrada.

bjss

ArcadoAutoConhecimento disse...

Olá Angel. Lindo poema a nos ensinar que o importante não é a chegada e sim a caminhada, onde encontramos não só flores, mas também alguns obstáculos que devem ser removidos para prosseguirmos nossa viagem.
Amiga, tem um selinho para você no Arca. Está em Mimos 2011. É só rolar a tela até o fim. Espero que goste. Beijos.

LILIANE disse...

Angel, minha florzinha do campo.
juro... já vim aqui e não consegui deixar o meu comentário...
puxa amiguinha. estou precisando tanto de você, vc nem imagina.rs

beijinho.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...