terça-feira, 23 de outubro de 2012

SUA CASA, SUA ENERGIA

Oi gente querida, tudo bem? ... Hoje vamos falar um pouco sobre decoração e sobre a importância de tudo quanto escolhemos para compor a nossa casa.

A decoração de interiores, assim como a moda, também segue tendências e é legal ser uma pessoa antenada e saber seguir a onda. Repito, saber seguir a moda.

 Isso significa que não adianta a gente usar uma roupa que não nos favorece, ou que definitivamente não é a nossa cara, só porque está na moda. E do mesmo jeito, se você é uma pessoa que tem um gosto mais clássico, certamente que uma decoração ultramoderna não é a mais indicada para si, ainda que todas as revistas sobre o assunto mostrem a mesma coisa.

Melhor do que seguir tendências, é adaptar a moda à sua maneira de ser e deixar a sua casa com a sua cara, pois cada objeto que você comprar, cada mesa, cada cadeira, cada quadro, terão uma energia, um significado, talvez, e é tão gostoso você chegar à casa e sentir que está realmente na sua casa. Coisa que não acontece quando você compra tudo que está na moda, mas não se identifica com metade.

Por isso é que eu penso e digo sempre, que um bom decorador de interiores ajuda, até porque nem todo mundo leva jeito para harmonizar cores, estilos, texturas, luzes. Muitas vezes a pessoa tem um bom ponto de partida mas acaba por se perder no caminho, originando um ambiente confuso, frio ou sem alma. Porém ... esse profissional precisa de interiorizar a vontade do cliente. Precisa de se colocar na pele do cliente, entender o que está sendo pedido, fazer uma leitura perspicaz daquilo que o cliente deseja com base na sua personalidade. Só assim a coisa funciona a 100% e o resultado deixa todo mundo feliz.

No entanto, eu ainda prefiro ser eu mesma a escolher cada móvel, cada abajur, cada porta-retrato, cada copo da minha casa. E fazer isso com pressa nenhuma.

Imagine que você quer um sofá. Ok. Tem milhares nas lojas, mas temos que pensar em muitas coisas antes de escolher um sofá. Uma delas é o preço, o custo-benefício. Temos que saber o que queremos. Algo de melhor qualidade e mais durável? Algo chiquérrimo, que as visitas vão ficar babando mas que no dia a dia você não vai usar para não estragar? Não sujar? Ou algo que sirva para o momento tendo em conta crianças pequenas em casa, por exemplo? Tudo isso precisa de ser bem avaliado.

Outras coisas têm também que ser consideradas. As medidas, o espaço disponível, as cores, os acessórios.

Não precisa de ser tudo feito de uma vez. Muitoooo pelo contrário. Comece por escolher os móveis principais, tipo sofá, sala de jantar, quarto. Deixe o papel de parede, ou a tinta, os quadros, os rococós para o final.

Depois de ter o principal, você, com toda a calma desse mundo, pode começar a escolher essas coisas menores mas que fazem toda a diferença. Aí, antes de comprar, pense em cada canto, o que ficaria melhor aqui e ali, considere sempre o espaço e a mistura de estilos que não pode ser gritante para que o ambiente não fique confuso, pesado, cafona mesmo ... nada mais triste que você gastar uma fortuna decorando a sua casa e o resultado final ficar pavoroso por pura falta de gosto, de senso, e de sensiblidade.

Sim, porque decorar requer sensiblidade. Você precisa se identificar com cada peça. Cada pequeno objeto precisa refletir a sua personalidade, sua natureza. Não só é importante você chegar à sua casa e se sentir em casa, como também é importante que seus convidados entrem na sua casa e reconheçam a sua pessoa nos pequenos ou grandes detalhes, entendeu? Por isso, é preciso ter imaginação, bom gosto, mas sobretudo muita personalidade para decorar uma casa, uma sala, um quarto, um lavabo.

A sua casa traduz quem você é. Desde a fachada. Desde a porta de entrada, falando do vaso que você coloca do lado de fora, o quadro floral ou o baguá, até o copo em que você serve uma água fresquinha.

A sua casa tem que ser um espelho de você mesmo, tem que ter a sua energia.

Lembre-se disso caso esteja decorando ou redecorando um ambiente na sua casa, e muito boa sorte.

Abaixo, deixo algumas fotos RETIRADAS DA INTERNET, com exemplos de vários tipos de decoração diferentes entre si.


Esta aqui é uma foto de uma casa bem clean, com móveis predominante brancos e apenas um ou outro acessório de cor mais forte para marcar. Adoro. No momento, é minha preferida.


 Este é uma decoração bem clássica. Podemos observar pelo estilo dos móveis, o rigor dos quadros e até dos acessórios. É uma decoração mais "pesada" digamos assim, mas que tem a sua elegância, conforme os donos da casa e seu gosto pessoal. Desde que se integrem e estejam felizes, isso é o mais importante.
 Ao contrário da primeira foto, que mostra uma decoração bem clean, em tons claros, esta é um tipo de decoração moderna onde predominam as cores. E cores fortes. Não é qualquer pessoa que pode apostar em algo assim. Precisa de gostar mesmo e de se parecer com a casa. Também é um tipo de decoração que requer cuidado redobrado porque qualquer coisa fora do eixo, deita tudo a perder. Haja ousadia, não é?
Este foto mostra um estilo provençal. É super romântico e eu particularmente acho um charme, embora não escolheria para a minha casa. É tudo muito cheio de detalhe, de rococó, e repito, eu acho lindo, mas tem que ter a cara da pessoa que vai morar na casa. No entanto, uma ou outra peça podem perfeitamente ser adaptadas em qualquer umas das decorações anteriores. Basta saber quais e como fazer isso da maneira certa.
E, por fim, temos aqui o famoso estilo retrô. Podemos reconhecer pelo formato do espelho, dos móveis, e se repararem, a foto mostra um retrô bem mesclado com um toque mais moderno, identificado, por exemplo, pela luminária de pé alto.


Espero que tenham gostado do post, pois foi feito com muito carinho.

Bem haja, meua amigos.

3 comentários:

Dama de Cinzas disse...

Acho lindo quem sabe decorar a sua casa com bom gosto. Eu sou realmente péssima nisso. Por isso o meu apartamento é menos em tudo. Tem poucas coisas, exatamente para uma não brigar com a outra. Acaba ficando um visú clean, mas nem parece o apartamento de uma mulher, de tão sem graça... rs

Beijocas

Angel disse...

Oh amiga, posso te dar umas dicas?
Coloca uns porta retratos que conferem seu toque ao ambiente ... escolhe umas almofadas coloridas para contrastar com o visual clean, talvez numa só cor ... coloca um vaso com uma planta bonita que isso dá vida a qualquer sala ... quem sabe um quadro?
Espero ter ajudado :)
Beijo meu.

Dama de Cinzas disse...

Eu aposto nos quadros, tenho vários espalhados, é uma forma de quebrar a monotonia. Talvez os porta retratos sejam uma boa idéia, já que planta não tenho paciência de cuidar... rs

Beijocas

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...