domingo, 20 de fevereiro de 2011

A QUE GRUPO VOCÊ PERTENCE?

Estava aqui a pensar sobre o que poderia falar hoje, e muitos assuntos me vieram a cabeça, mas lembrei-me de que prometi ir mais além quando escrevi sobre consciência coletiva, e pronto. Decidido.


Querendo ou não, a humanidade sempre se dividiu em grupos, até porque a divisão do planeta Terra em países, tal como existe, favorece esse fato. Nesse caso, são os grandes grupos sociais, os compatriotas por assim dizer.


Mas muito além disso, pessoas de um mesmo país, cidade, bairro, empresas, escolas, etc, também se dividem, agrupando-se mediante as afinidades que encontram umas nas outras. 


Até aí, tudo bem. Todo Ser Humano é um indivíduo com uma forma muito própria de estar na vida e é compreensível que se junte àqueles com quem melhor se identifique. Esses pequenos, ou grandes, grupos de pessoas formam a tal consciência coletiva de que falei neste post aqui


O único problema da consciência coletiva é quando ela tem um teor negativo. Querem um exemplo? Os skinhead. Eles são xenófobos e racistas, extremamente agressivos. Acreditam naquilo que pregam e julgam como certo aquilo que fazem. E como esse, poderia citar vários outros exemplos.


Mas, fugindo um pouco de exemplos tão radicais, não precisamos de ir muito longe. Tenho a certeza de que cada um de vocês conhece algum grupo de pessoas, nem que sejam as suas duas vizinhas da frente, que se unem na forma de pensar, que se traduz no padrão comportamental em relação aos seus semelhantes. Temos assim as vizinhas fofoqueiras, os ambiciosos, os invejosos, os conflituosos, os deprimidos, os crentes de uma Igreja, os membros dos AA, os de bem com a vida, os voluntários, e por aí vai. A lista é extensa, pois cada pessoa tem a tendência de se agrupar com determinado tipo de pessoas com quem ainda que inconscientemente se identifique, e ainda que também se relacione de alguma forma com pessoas  que pertencem a outros grupos de consciência.


Então, tenha muito cuidado com as pessoas com quem você lida no seu dia-a-dia, e em especial quem leva para dentro da sua casa. Podemos, e devemos, tratar todas as pessoas com educação e respeito, mas ao perceber que determinado grupo de pessoas, ou ainda que seja uma só, tem um padrão de pensamento ou perfil de comportamento que não condiz com o seu, e que instintivamente você não aprova, afaste-se. 


Saiba que é assim que muitas pessoas de bem, por ingenuidade ou por mil e um outros motivos, acabam por anular a sua verdadeira essência para adotar uma forma de estar na vida que não é a sua, nem a mais correta. Isso acontece porque a aura negativa de todo um grupo de consciência tem o poder de lhe influenciar. "Diz-me com quem andas, e dir-te-ei quem és", não é isso que diz a frase? Pois é, durante muito tempo não tive a capacidade de captar o real significado dessas palavras porque as interpretava ao pé da letra. 


Hoje, porém, eu acredito que devo filtrar muito bem filtradas as pessoas que permito que façam parte da minha vida. Quero fazer parte de uma consciência coletiva de amor e paz, de alegria e esperança, e desta forma, mesmo conhecendo e lidando ocasionalmente com diferentes tipos de pessoas, ponho "cada macaco no seu galho".


O que é maravilhoso nisso tudo é que a partir do instante em que compreendi isto e passei a viver de acordo, afastei sem o menor esforço (ou a Vida o fez por mim)  um bom número de pessoas com uma aura negativa da minha vida e passei a atrair outras cujos ideais, princípios e valores se encaixam nos meus, formando assim uma nova consciência coletiva da qual me orgulho de fazer parte.


É dever de cada um de nós procurar ser melhor a cada dia, evoluir, crescer e espiritualizar-se, e tudo isso torna-se infinitamente mais fácil se estivermos ladeados  de pessoas com as mesmas intenções, desejos e empenho. 


Portanto, querido leitor, certifique-se de que o grupo onde está inserido é aquele do qual realmente deseja fazer parte. Não permita que a sua essência de luz, pois esta é a sua verdadeira e mais pura essência, seja encoberta pelas nuvens densas e escuras de uma consciência de grupo perniciosa.


Lembre-se sempre do seguinte: "Tudo me é lícito, mas nem tudo me convém".


Beijo na alma.


(imagem retirada do google)

3 comentários:

Rydi disse...

Amiga depois de tanta cassetada fiquei extremamente seletiva. As vezes prefiro não ter amigos do que ter dor de cabeça :/ Acredite é difícil achar pessoas honestas hoje em dia.

Maria José disse...

Amiga. Tem dois selinhos para você no Arca. Está em Mimos 2011. É só clicar, abrir e rolar a barra para baixo. Beijos.

" ESSÊNCIA ESTELAR MAYA " disse...

Angel querida,

Excelente postagem.
Estamos num mundo de Energias, aonde o que vai contar muito é o padrão do seu pensamento.
Portanto, acredito que cada um vai estar no grupo que mais tenha afinidade.
Existem pessoas que tem uma vibração baixa e vivem deprimidas e reclamando de tudo, com toda certeza elas não estarão no mesmo grupo das pessoas confiantes e alegres.
Eu mesma posso te falar que confio muito na minha intuição.
Logo que conheço uma pessoa, consigo captar através de suas idéias e seus padrões de pensamentos, a Energia que emana dela e sua verdadeira intenção.
E vou te falar, quando a Energia não bate, não adianta é na hora.
Meu marido é outro que bateu o olho e já capta a Energia da pessoa.
Mas tudo está em Nós.
Quando estamos com um círculo de amizades que não acrescenta nada em nossa vida, basta mudarmos nossos Padrões de pensamentos e nossa atitudes para que eles se afastem por sí só.

Parabéns, adorei!

Um grande beijo em seu coração!!!

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...